Plymouth Sport Fury GT 1970-71

on
Sport Fury GT, cheio de superlativos: 5.48m e um motor de 7.2 litros.

De 1961 a 1969, a Chevrolet reinou praticamente sozinha, em um segmento inusitado, o de Full Sizes (carros do tamanho de uma quadra de tênis)  esportivos. Os  Chevy Impala SS era o que havia de mais rápido à partir dos 5.30m. Em 1970, a GM decidiu passar os emblemas SS para os “médios” como o Chevelle e o Nova.

De 1970 em diante, a Chrysler, por meio da Plymouth, quis fazer a sua parte em fazer  transatlânticos acelerar que nem um jet ski. O Plymouth Sport Fury GT tinha uma concepção simples, o maior carro da divisão com o maior motor, o V8 de 440 polegadas cúbicas (7.2L).

Modelo 1971, mais ousado no visual, nem tanto na cavalaria.

As motorizações começavam com o Sport Fury S/23, com o velho conhecido V8 de 318 polegadas cúbicas (5.2L) e ‘modestos’ 230 hp. Era o mesmo motor que equipava os Dodge Dart brasileiros. O Sport Fury GT mais desejado, tinha um carburador de corpo quadruplo e desenvolvia e desenvolvia 350 hp. Como opção, o mesmo V8 440, mas com o “Six Pack”, este, com três carburadores de corpo duplo que aumentavam a potência em 40 hp. Visualmente, o Fury era mais discreto que seus contemporâneos, apenas finas faixas e inscrições simples e pequenas.

Plymouth Sport Fury GT 1971 junto com o GTX, integrantes do Rapid Transit System.

No ano seguinte, o Tio Sam enquadrou os motores de alta performance causando decréscimo na potência. Os Sport Fury GT 1971 passaram a render 335 hp no 440 comum e 385 no Six Pack. Os números de produção são baixíssimos. Foram 666 Furys, apenas 61 com o Six Pack e 689 unidades do S/23. Em 1971, a produção caiu quase pela metade, com apenas 375 modelos fabricados.

O Plymouth Fury não era uma resposta a uma tendência de mercado, nem inaugurou uma, mas, com certeza, criou um potencial clássico.

19 comentários Adicione o seu

  1. mateusluiz disse:

    Qual é mesmo aquele site para tirar as dúvidas dos carros mesmo? quero saber qual é o carro do filme “Greta”

  2. mateusluiz disse:

    Parecia ser um Cadillac

    1. IMCDB, está aqui do lado, nos meus links.

  3. Mateus Luiz disse:

    A e quase esqueço, até que ano você considera um carro antigo?

    1. Li um artigo onde o autor começa dizendo que ao sair da concessionária, o carro começa a perder valor e assim é até os seus 15 anos de idade. Daí em diante essa curva descendente estaciona e, em alguns casos, volta a subir. Acho que com essa idade e já fora dos classificados, os carros já podem ser considerados antigos. Há encontros que usam critérios como ‘carros até 1979’. Mas, na minha pouco importante opinião, carros entre 15 e 20 anos já podem ser considerados antigos.

      1. Mateus Luiz disse:

        Então, na sua opinião, um Gol quadrado 1990 já pode ser considerado “antigo” ?

      2. Sim. E se for uma versão especial (bem conservada) como o GTS/GTi estará bem valorizado.

  4. Jander disse:

    Linda essa versão gt 1971 sempre que colocam uma faixa ou emblema o carro fica com o visual mais bacana,muito legal Daniel.

    1. Esses carros, são no mínimo, interessantes. E nem deve ser tão caros como os seus ‘colegas’ de fábrica. Seria curioso, no entanto, ter um carro com essas dimensões em qualquer cidade brasileira. Acho que antes de sair de casa, seria preciso planejar a rota, sem brincadeira.

  5. Jander disse:

    Ai Daniel a bala halls ta fazendo uma promoção no facebook em que participando da pra ganhar varios premios entre eles um maverick 1975 customizado e 50 mil o link da promoção ta aqui http://www.facebook.com/HallsBrasil?sk=app_208631405851547&utm_source=MSN&utm_medium=Diaria&utm_term=Intervencao&utm_content=generico&utm_campaign=Halls_MelMix .

    1. Mateus Luiz disse:

      A customização eu não gostei muito, mais nada que (depois de ganhar) uma reforminha para deixa-lo o mais original possivel

    2. Jander,

      Publiquei essa promoção na nossa página lá no “caralivro”: http://www.facebook.com/pages/Parachoques-Cromados/142188675802083

      Abraço!

  6. Mateus Luiz disse:

    Descobri o carro, um 1970 Cadillac DeVille Convertible

  7. Jander disse:

    Mateus a customisação que fizeram realmente e duvidosa,eu por exemplo gostei dela mas prefiro o maverick original,e comparando com outras ”modificações” que eu ja vi em mavericks essa dai ficou bem melhor.

  8. Mateus Luiz disse:

    Realmente Jander, é só olhar no Bizarrices Automitivas, uma coisa em que me revoltei foi um “Mavecagol”, em que o cara, com muito mal olhado colocou na marra uma frente de gol quadrado do Mavrick, eu até chorei e pensei; como um ser humano consegue transformar um carro tão lindo nesse lixo ai ?

  9. Jander disse:

    Eu ja tinha visto esse carro não considero customização considero mau gosto mesmo,outro que não teve sorte foi esse http://bizarricesautomotivas.blogspot.com/search?q=maverick+batman mas varios tem bom censo e fazem o que esse cara fez http://bizarricesautomotivas.blogspot.com/search?q=maverick+xunado+recuperado ,e como diz o ditado para que tentar melhorar oque ja e perfeito.

  10. Jander disse:

    Achei um dodge challenger 1972 a venda aqui o anuncio http://www.classicoseantigos.com/mostrar-conteudo.php?idtipo=1&id=301 .

  11. Juan Carlos disse:

    Nossa,esse Plymouth Sport Fury GT é muito lindo,show de bola,um belo exemplar de um esportivo grandalhão…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s