O Obscuro Oldsmobile Rallye 350 1970

on

O apogeu dos Muscle Cars em 1970 gerou alguns efeitos colaterais no mercado americano. Além das regras rígidas de emissões e segurança que estavam por vir, outro fator determinante para torná-los economicamente inviáveis foram as empresas de seguro. E não é difícil entender o porquê.

Em um período de relativamente curto – se considerarmos o primeiro da espécie o Pontiac Tempest GTO 1965 – as montadoras passaram a oferecer cada vez mais carros de alta performance para um público jovem recém criado. Desse modo, as seguradoras passaram a taxar os Muscle Cars com as mais altas tarifas, fazendo o comprador pensar duas vezes antes de optar pelo motor top de linha na concessionária.

Uma saída encontrada pelas montadoras foi oferecer o visual de Muscle Car, com faixas e cores berrantes, mas com um motor mais manso, para atrair o público que preferia o visual sobre a substância. Esses sub-nicho foi chamado na época de “Muscle Car Light”. A General Motors ofereceu algumas opções, uma delas foi o Chevy Nova Rallye 1971. As primeiras versões do Ford Maverick Grabber também seguia a mesma filosofia. A resposta da luxuosa Oldsmobile foi o obscuro Rallye 350. O que, comercialmente, foi um fiasco.

A marca havia se estabelecido nesse nicho de mercado com o 442, que combinava performance e luxuosidade, qualidades ausentes no Rallye 350. Fãs do modelo apontam alguns fatores para a obscuridade 350, como ter que dividir a concessionária com modelos similares, porém superiores, a falta de divulgação e visual exagerado. Os parachoques na cor do carro, pelo menos naquela época, não agradavam o comprador conservador da marca. No fim das contas, era um Cutlass comum, com um visual super exagerado.

Em termos de performance, o Rallye não tinha muito do que se envergonhar, até para os números de hoje. São 310 hp do motor V8 5.7 padrão da GM. O 0-100 fica na casa dos 7 segundos enquanto que o quarto de milha era coberto em 15 segundos. As opções de câmbio eram de 3 marchas manual no assoalho, Muncie  4 marchas ou o Turbo Hydra-Matic 350 automático.

Foram produzidas 3.550 unidades e a maioria delas ficou encalhada nos estacionamentos das concessionárias até 1971. A maioria delas foi vendida para os próprios funcionários da GM e autorizadas. Os Muscle Cars Light foram extintos assim como os convencionais. O debate hoje em dia entre os entusiastas é se eles podem ser considerados verdadeiros Muscle Cars.

8 comentários Adicione o seu

  1. Mateus Luiz disse:

    adorei este oldsmobile, sou loco por carros antigos e vou tentar desenhar este também

  2. grapiglia disse:

    putz,eu tava pensando que era um muscle pra cai no barro mesmo,nossa,pecado.

    1. Tipo Muscle “Pé de Boi”…rs

      1. e nós felizes aqui com nossos 250s, 302 e 318, pra eles esses motores eram equivalentes aos nossos 1.0 de hoje uhauahauauhauahua

  3. Gian disse:

    Bom pra começar, já estava com saudade dos teus posts amigo, passei tempos procurando por algum post novo…… e nada ! Mas agora estou mais tranquilo, sabendo que apesar da tua exaustiva jornada, tu ainda abre mão de mais algum tempo para nós leitores ! Muito Obrigado !
    PS: Só eu notei, ou mais alguem achou as rodas do Olds parecidas com as rodas “repolho” do Opala ?!

    Abraço !

    1. E aí Gian, bom tê-lo de volta aqui.

      Ultimamente estou com tempo livre, o problema agora é encontrar um assunto suficientemente interessante pra colocar aqui. Não quero atualizar todo dia só pra encher linguiça. Inclusive, se vocês tiverem ideias, sugestões, por favor, me ajudem.,
      Quanto as rodas, tenho a impressão de serem o mesmo modelo sim!

      Abraço.

      1. Gian disse:

        Quem sabe possa escrever sobre o Corvette Greenwood. Bem é uma idéia….não procurei se tu já publicou algo sobre ele. Ou comente sobre o Jaguar XJ13, é um belo carro !

  4. Bruno disse:

    Agora sei onde a GM brasileira achou inspiração para fazer as rodas repolho do Opala: neste modelo da Oldmosbile.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s