Martíres de Hollywood

on

No post Destaques em Fast Five, nosso assíduo parceiro Gian, levantou uma questão interessante ao saber que nenhum Chevrolet Opala foi usado nas filmagens da última edição do filme. Disse ele nos comentários “Bom, se não tiver algum Opala no filme tanto melhor, pois não corre o risco de acabar destroçado ou algo do tipo…“. Entendi perfeitamente o sentimento do nosso colega, pois não é raro o fim trágico de clássicos em produções hollywoodianas.

Falando específicamente da cine-série Velozes e Furiosos, há vários exemplos de como os antigos são massacrados. No primeiro filme, não há como se esquecer do Dodge Charger 1970 “voando” de ponta cabeça sobre o Toyota Supra e capotando algumas vezes ao “aterrisar”.

Já no segundo, um Dodge Challenger 1970 Hemi perde uma porta e também bate de frente contra uma pick-up, Na mesma película, a réplica (assim espero) de um Chevy Yenko Camaro 1969 “pousa” sobre um barco.

No terceito foi a vez de um Chevy Monte Carlo 1971 capotar repetidas vezes e um Mustang Fastback com motor de Nissan Silvia (Argh!) é praticamente destruído após várias batidas contra um Nissan 350z.

Na quarta edição, talvez a mais trágica pros Muscles, são vítimados um Buick GNX 1986, Chevy Chevelle 1970 (explosão), Um Plymouth Satellite 1970 (capotamento), Dodge Charger 1970 (De novo!!!), réplica do Chevy Camaro F-Bomb e um Ford Torino 1972, esses três últimos, em batidas violentas.

Embora não seja nada agradável ver um pedaço da história indo para o espaço para a diversão do grande público, há um lado positivo nisso. Não há melhor propaganda para um carro do que a aparição em um filme de sucesso. Pode se dizer que, da série, os Muscle Cars eram cultuados apenas por um número restrito de aficcionados e hoje, já fazem parte da cultura pop mundial.

Isso contribui para a valorização e resgate da memória dos carros antigos, principalmente com as gerações mais novas. O melhor exemplo disso é a Eleonor do filme 60 Segundos. O sucesso foi tão grande que empresas se propuseram a fazer réplicas do Mustang Fastback 1968. A princípio, os fãs do modelo torceram o nariz, mas ao descobrir que carros estavam sendo salvos da ferrugem eterna para voltarem as ruas, logo mudaram de idéia.

15 comentários Adicione o seu

  1. sentinelamopar disse:

    Acho que 2 carros que foram martíres também são os dois mopars do filme corrida contra o destino, a parte que o charger capotou, meu coração quase explodiu de raiva e no final foi a vez do challenger bater de cara nas pás de uma máquina.

    1. Bem me lembra cara…

      Existem vários exemplos, peguei o exemplo do Velozes porque é a série de filmes mais recente e que usou muscles em profusão. Mas há outras inúmeras películas onde muscles são massacrados.

      Abs.

  2. Gian disse:

    Bons exemplos meu amigo Daniel ! Alguns deles ficariam tão bem nas mãos de algum colecionador, e acabam virando sucata.
    PS: Até me senti importante, com o ” nosso assíduo parceiro Gian ” Valeu cara !

    Abraço !

    1. É Gian, quando um carro tem um papel importante no filme, são feitas várias réplicas do mesmo. Os que sobram, são itens valorizados.

  3. Ernani Netto disse:

    O melhor exemplo de carro em filme é o do 60 segundos clássico.

    O mesmo Mustang durou toda a persseguição do filme (43 minutos), sendo que na época era um carro novo e aos montes na rua. Isso sim foi uma propaganda!

    Abç

    1. Eu dou descontos pros filmes antigos justamente pelo que você argumentou porque, mesmo quando destruídos, haviam outros sendo fabricados.

      No caso do 60 Segundos original, o HB Halicki escolheu o Mustang 73 por se tratar, no ano do filme (1974), em suas palavras “O último Mustang de verdade”, pois a crise do petróleo havia transformado os Mustangs em “pangarés”.

      Então, era “propaganda” de um carro já fora de linha, mas o que importa é que, 36 anos depois, ainda estamos aqui falando dele.

      Abs e obrigado pela visita.

  4. Alex disse:

    Daniel, só uma correcção, no Fast and Furious 4, decerto não destruiram um GNX, mas sim um Grand National normal disfarçado de GNX. O GNX é extremamente raro e valorizado, era uma tolisse destrui-lo!

    Apesar de ainda haverem decerto, peças aproveitaveis neles, Hollywood vai sempre buscar carros bastante detiorados (seja de ferrugem ou acidentes anteriores) e arranjam-nos apenas o suficiente para fazer a acção e parecerem bons!

    Força com o blog, é sempre um prazer aqui vir! Abraço!😀

    1. Alex,

      Valeu pela contribuição. Na verdade foi usado sim, um GNX. Escrevi sobre no começo do blog no post:

      https://parachoquescromados.wordpress.com/2009/03/24/os-cromados-em-fast-furious-4/

      “A outra novidade está na inclusão de um carro dos anos 80, o Buick Grand National ou GN-X 1987, também dirigido pelo personagem de Vin Diesel. Ao que tudo indica o carrão, da era dos mullets e sintetizadores, aparece logo na cena de ação na abertura do filme. Ao todo, 7 carros foram usados e maioria deles tiveram um fim trágico. Um atenuante é que apenas um GN-X foi usado pela produção, os outro 6 eram Grand Nationals comuns. O dado curioso é que alguns não usaram o seu tradicional motor V6 turbo e sim o bom e velho v8 350. Outra curiosidade é que um deles teve o seu chassi invertido para que fosse realizada uma cena onde o carro anda de ré em alta velocidade.”

      Mas, provavelmente, não deve ter sido o que foi destruído. Foi o mesmo o que aconteceu com o Plymouth Satellitte que capota na 4ª edição, que é retratado como um Road Runner.

      Abs e obrigado pela visita!

  5. Juan Carlos disse:

    Caramba,eu tinha uns 12 ou 13 anos qdo vo o Velozes e Furioso,passei mal ao ver o Dodge Charger do Toretto capotar!!!Nossa,como essas culturas de filme puxam o saco de carrinhos de plástico da atualidade,podem ver:eles nunca batem ou quebram nos filmes…qto aos muscles sempre resta um final trágico:explosões,batidas feias,cAPOTAGENS,etc…

  6. Bento disse:

    Daniel você poderia comentar sobre o filme MAD MAX ,varios classicos são destruidos…,Valeu,

  7. alexsander disse:

    alguem sabe qual e o nome desse tipo de turbo ou entrada de ar do charger 1970 do primeiro velozes e furioso?

    1. Alexander,

      Acho que você se refere ao blower.

  8. 1-o boa noite meus amigos o blower serve p/ dar mais potencia ao motor do dodge quando vcs ver
    no primeiro filme vlozes e furiosos ele acelera o dorjao ele enpina esse e a traçao traseira que essa peça do capoot do carro ele suga o ar pelos trez buracos que vs ve ai em cima do capo dessa maquina se vcs entenderam muito obrigado e ate o proximo comentário

  9. emiliano inpolito gomes disse:

    cara o melhor carro do veloses e furiosos e o dodger charge r/t 1970 porque vende ram

  10. emiliano inpolito gomes disse:

    cara o melhor carro do velozes e vuriosos é o dodger charge r/t 1970 por que vendero?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s