Chevy Gasser


Dois Chevy Bel Air 1956 no melhor estilo Gasser.
Um Chevy Bel Air 1955 "brigando" a aderência na pista.
Reparem no eixo frontal rígido e coletores encurtados desse Bel Air 1956.
Sem os parachoques: Era uma regra básica, aqui em um Chevy Bel Air 1957.
Intruso entre os Chevy: Este Mercury Comet 1965 é um exemplo não muito comum de Gasser.

Sempre achei estranho, quando folheava revistas ou assistia programas e via carros dos anos 50, geralmente Bel Airs dos três anos clássicos do modelo (favoritos para essas modificações), 1955, 56 e 57, sem os parachoques frontais e suspensão de eixo rígido na frente. Descobri depois que se tratavam dos ‘Gasser’, uma espécie de “homem das cavernas” das arrancadas.

Mais especificamente, era uma classe da NHRA (National Hot Rod Association), entidade que responsável pelas provas de arrancada na américa até hoje. Criada no final dos anos 50 – entidade e categoria – era comum ver carros dos anos 30, 40 e, obviamente, 50. O objetivo com essas modificações, de forma rudimentar, era aliviar o peso dos carros. Essas alterações seguiram até o começo dos anos 70. A história completa da categoria, você pode conferir no site Gasser Madness (em inglês).

Anúncios

8 comentários Adicione o seu

  1. grapiglia disse:

    a arte de estragar carros

  2. Silva disse:

    Pra falar a verdade, não gostei desse tipo de preparação. Acho Bel Air um dos clássicos mais bonitos já produzidos.

  3. Não sejam ranzinzas, quando a categoria foi criada, esses carros existiam aos milhares. Visualmente, basta colocar o parachoque de volta no lugar…rs

    Abs.

  4. grapiglia disse:

    não é ranziza,é que olha só mew,naquela época tábom,mas hj em dia não dá neé,e essas fotos são do hj em dia

    1. É uma tradição Grap.

      O segundo vídeo, por exemplo, é de um carro que realmente correu e estava guardado desde 1976. Se você olhar só pelo visual, ok, não é dos mais belos, mas há toda uma história envolvida, isto é o embrião das provas de arrancada. Não eram para ser belos, e sim, rápidos. As fotos são atuais, mas os carros estão assim desde o final dos anos 50.

      Abs.

  5. andrev8 disse:

    Me amarro demais nos gasser!

  6. andrev8 disse:

    É cultura né galera! Mas a questão do gosto não tem jeito, cada um vai ter o seu. Eu particularmente adoro os Gasser, são muito bad ass e feitos para race e não amostra de originalidade!

    Postei recentemente um ícone das arrancadas americanas, o primeiro carro feito pela equipe Ramchargers, e acho que pode ser considerado um Gasser!

    Abraços

  7. muito interessante….olhando melhor, não são feios, são inusitados, deu pra ver que o lance era a funcionalidade, não era algo pitoresco, nem pra ter função off road.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s