As Fuselagens da Chrysler

em

New Yorker 1970: Meu sonho é balizar um monstro desses.

Os automóveis podem representar muitas características de um únic  proprietário, região e, até, de um país inteiro. Não é exagero dizer que os carros são a extensão da personalidade de um indivíduo ou de todo um coletivo. Nos Estados Unidos, em tempos de crise ou não, carros grandes sempre fizeram parte da história daquele país e do gosto do consumidor, fosse com os antigos Full Sizes ou com as atuais SUVs.

1971 Plymouth Fury: Simples, mas ainda gigantes.

De 1969 a 1973 a Chrysler oferecia como modelos top de linha, modelos que exemplificam bem isso e, de tão grandes (quase 6 metros), poderiam ter seu próprio fuso-horário, língua e moeda corrente. Exageros a parte (no texto, não nas dimensões), o desenho desses modelos foram chamados, pela própria montadora, de Fuselage (Fuselagem) porque, assim como nas aeronaves, os carros mostravam grandes extensões de metal e, é claro, associar o conforto do carro com os aviões.

Imperial 1972: Só lhe faltam asa.

Internamente, eles era conhecidos como o C-Body, são eles Imperial,  300, Chrysler New Yorker, Monaco, Newport, Polara e Fury. A saber, os A-Body eram os modelos de entrada como o Dart e Valiant e os B-Body, intermediários, ficavam com o Road Runner, Charger e Coronet. O interessante é que os próprios anúncios já avisavam que a idéia desse novo design era fazer com que os carros parecessem mais longos e largos que os antecessores.

Newport 1973: Com as leis de segurança, ganhou parachoques pretuberantes e uns centímetros a mais.

Se você cresceu nos anos 70 e 80, viu muitos desses modelos em cenas de ação em séries e filmes policiais, na maioria das vezes, como meio de transporte da lei. Recentemente, um desses jumbos sobre rodas – mais precisamente um Chrysler Newport 1971 – estrelou no filme “Perseguição” (Joy Ride -2001) com Paul Walker, Steve Zahn e Leelee Sobieski como “coadjuvantes”. A trama guarda muitas semelhanças com o clássico “Encurralado” (Duel -1971) que, basicamente, se trata de um caminhoneiro maluco perseguindo um carro da Chrysler.

Há um site gringo – Fuselage – dedicado apenas a esses modelos que marcaram época, com detalhes como números de produção, modelos ano a ano, entre outros. Vale a pena dar uns cliques.

Anúncios

7 comentários Adicione o seu

    1. Grana, e uma vaga de estacionamento do tamanho de um hangar…rs
      Valeu pela contribuição e visita!

      1. Marcus Sousa disse:

        Muito bom seu blog, descobri nas andanças que ando fazendo na procura de um opala.

        abs

  1. Marcus Sousa disse:

    melhor olha isso hahahahaha sonho

    http://veiculos.mercadolivre.com.br/_CustId_675269

    1. Rodrigo Tavares disse:

      Marcus,

      Conheçe esse cara, eu comprei minha Caravan dele, otimo vendedor, isso é o que ele tem a venda, tem diversas outras coisas que não estão a venda rs…de acordo com ele mesmo, tem 1 galpão enorme em São Paulo e outros 3 ou 4 no Rio (não lembro) fora o estoque de outras coisas que ele tem…

      Obrigado pela visita !

      Rodrigo

  2. Marcus Sousa disse:

    Poxa então é um tesouro mesmo que ele tem hahahaha, se ganhasse na mega farai um pacotão ai com uns 10 carros mole.

    abs

  3. Igor Silva disse:

    Parabéns pelo site!
    É muito legal ver um site meio que dedicado à cultura automotiva americana, que, para mim, é a melhor!
    Sou fascinado naquelas banheiras V8 que só andam em linha reta hahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s