A Máquina Simples

on

Interessante a abordagem da Ford americana no lançamento do Maverick. As peças publicitárias o tratavam como a máquina simples de baixo custo. Muito diferente do status pomposo adotado por aqui e em outros mercados onde foi lançado.

Maverick: A Máquina Simples.

Basta lembrar que lá nos Estados Unidos, a nova raça de cavalos da Ford, teve a  missão ingrata de substituir o Mustang, que naquela altura já ocupava uma fatia de mercado mais premium e menos popular. Outra tarefa, não menos árdua, era combater a invasão dos importados, na época, encabeçada pelo Beetle (Fusca). Papéis bem diferentes do que lhe foi atribuído por aqui.

Custo Baixo: Em 1970 o VW Bettle e o Maverick estavam na mesma faixa de preço. Pelo menos nos EUA.

No Brasil, seu lançamento tardio, aliado a crise energética e uma gama de motores menores pouco felizes, tornaram a vida do Maverick curta, mas não menos marcamte. Ainda bem que a Ford do Brasil foi espirituosa o suficiente para não colocar o boi chifrudo no emblema circular da grade frontal, presente na versão americana.

4 comentários Adicione o seu

  1. Guilherme Farias disse:

    da-lhe mustangão

    1. Não seja tão amargo…rs

  2. Guilherme Farias disse:

    eu gosto, mas não teria, é igual mulher de amigo!

    1. Ah, então você tem uma relação de admiração e posse frustrada com a mulheres dos seus amigos? Ainda bem que você mora em outro Estado…rs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s