Leve Apimentada no 151

O alvo das minhas benfeitorias...

É possível deixar o motor do seu Opala mais divertido reparando os ‘erros’ que a GM teve “preguiça” (leia-se economia de $) de corrigir. Dá para se ganhar muita potência nos motores 4 e 6 cilindros, sem gastar uma fortuna. A idéia inicial, é copiar ao máximo as motos japonesas de 4cil, desde escape admissão, pistões, carburadores e afins.

O coletor de escape, por exemplo, é tão mal projetado que quando expele gás por uma porta, os mesmo acabam voltando e entrando no outro duto, e vice versa, provocando essa troca pouco eficiente de gases.

Um coletor 4x2 alivia muito o motor, é como tirar a coleira de um pitbull com fome.

Ha quem goste do conjunto 4 x 2 x 1 + abafador + ponteira. Prefiro 4×2 direto até o fim, com duas ponteiras separadas (nada de marmita junta do Gol GTI). Sem contar que dá outro som no motor.

Outro aspecto a ser melhorado é o peso das peças do motor. Normalmente elas são muito pesadas, o que demanda muita energia apenas pra movimenta-las. No chevete 1.6/s, por exemplo, peças como bielas, pistões, contrapesos do virabrequim e volante tiveram seus pesos aliviados, gerando um ganho substancial de potência e torque, além de redução no consumo.

Para aliviar o peso das peças do Opala, a ajuda não virá só do seu bolso ou da retífica, mas principalmente das leis da física. São precisos muitos cálculos e não apenas passar a lixa no virabrequim e por pra rodar. É muito comum em algumas tornearias, o virabrequim ser limado – literalmente – e , depois de montado, o motor simplesmente trincar por inteiro, não sobrando uma peça inteira intacta.

O que eu farei no meu 4 cilindros é uma correção da fábrica, com umas gotinhas de pimenta pra ter um ganho elevado de potência. Não quero 450 hp, mas o que vier é lucro! O primeiro passo é a troca de pistões, dos côncavos, pros “retos” cabeça chata.

Com os pistões retos a compressão passa para 9,0:1/9,5:1.

Isso aumentará a compressão, sem precisar rebaixar o cabeçote. Salvo o engano, o motor a gasolina tem 7,5:1 de compressão, mas, com os pistões retos, passa para uns 9,0:1/9,5:1. Estes números são suficientes para queimar todo álcool que vem misturado em nossa “abençoada” gasolina. Apenas substituindo os pistões (claro que vou retificar o bloco todo) já se ganhou alguns cavalos pro seu estaleito.

Segundo passo, não muito importante, mas pode ajudar, é o polimento dos dutos de admissão e escape, se você tiver paciência. Há quem faça esse serviço, ou você mesmo pode fazê-lo com uma retifica pequena (dremel e afins), uma lima rotativa comprida, e muita força de vontade.

Vale lembrar que esse é um serviço perigoso, pois, se errar a mão, abrirá um buraco, o que eu não recomendo fazer se não tiver sem prática. Eu não irei fazer nesse cabeçote, pois as guias de válvulas estão muito ruins.  O polimento vai ficar por conta de um profissional. Sendo assim, faça esse serviço consciente de que, se errar,  irá estragar o cabeçote e que a culpa será única e exclusivamente sua!

  • Coletor de Admissão
O coletor do Opala 4 não é ruim, bem melhor do que o 6cil por não injetar 80% no centro e 10% em cada extremidade do cabeçote.

Pode ser melhorado também com um polimento, ou até com outro coletor mais comprido. Pretendo usar dois carburadores S.U ou duas Solex 40, em coletores individuais. Nada junto, pois o motor puxa o vácuo um do outro e isso atrapalha a carburação. Em coletores separados, o motor divide-se em 2 e trabalha como se fosse duas unidades juntas. Veja bem qual é o giclê do seu carburador para a compressão adequada do seu motor. Não vá enfiando qualquer um, isso pode ser  uma arma. Um  giclê errado derrete os pistões e deforma as camisas.

  • Comando e Tuchos
Optei por usar peças padrão. Comando e tuchos. Se ficar muito fraco, aí passo pra o tucho mecânico. Se ficar bom, aí entra um comando não muito bravo.
Uma coisa que tem de ruim no comando é a engrenagem, que esforça um dente de cada vez. Poderia ser melhorado pela GM na época, usando corrente que puxa meia volta de uma vez para não esforça os dentes.
  • Ignição

Ignição eletrônica é uma boa opção para se ganhar potência também. não que seja melhor, mas ela aguenta bobinas mais fortes, a de platinado não, vai um por dia se botar uma bobina mais resistente. Vou usar a ignição eletrônica, pois já tenho um kit aqui. Para a bobina, vou procurar uma MSD usada, só pra quebrar galho. Pode-se usar também a do Gol MI. É muito boa e barata. Caso não encontre uma MSD no “preço” vou de MI mesmo. Para os cabos de velas e velas, vou utilizar as normais “NKG”. Nada de especial, cabos talvez de uns de 8.8mm, se só encontrar carissimos, vai de 8.0mm. Nada de resistivo, cobre puro dentro.

É importante ressaltar quê:

Fiz no meu motor as sedes de válvulas para restaurar a compressão. Camisas foram abertas para receber os novos pistões e anéis novos. Foi dado um passe no virabrequim de 0.10 pra 0.20, com bronzinas de biela e mancal novas. Muito importante também é o banho químico, pra limpar todas as galerias de óleo internas.

Depois de tudo isso, é necessário uma bomba de óleo nova. Não confio só em medir os dentes internos com um cálibre. Gosto de trocar pra ter certeza. Bomba d’água também, se estiver muito ruim , deve se medir a distância das aletas até o corpo da bomba.

Um segredo que eu descobri há poucos dias, foi substituir a famosa “gaxeta” por um retentor da Fel-Pro – importado – que não é bem um retentor, é uma borracha que vai no lugar da gaxeta. Este retentor importado evita que o carro fique babando óleo sem parar. O preço é salgado, mas nisso já se ganha uns 2cv, pois as gaxetas travam demais o motor.

Outro sistema que ganha 2cv, com certeza, é a ventilação do radiador. A inclusão de uma ventoinha elétrica dá um ganho “rápido” de potência.

Câmbio e diferencial não vou trocar por enquanto. Futuramente vai ser um câmbio hidrámático, mas nesse momento vai ser o câmbio clec-clec varetado.

É isso, o resto é com vocês! Para perguntas, dúvidas, elogios, críticas e afins, o meu e-mail é pwn33d@gmail.com

PARA LER A PARTE II CLIQUE AQUI

15 comentários Adicione o seu

  1. Rodrigo Tavares disse:

    Belo post.

    Estou te enviando um e-mail sobre preparações mais pesadas, aspiradas e desconheçidas em terras nacionais…

    E vc desistiu de colocar o 3800 ?

    Abraço

    1. É um post a cada 100 anos, mas qdo vem também, é de 1000 palavras…rs

    2. Rômulo Passim disse:

      Bom dia!!!
      Adoro esses comentários e se possivel me amigo “Rodrigo Tavares” agradeceria muito se poder mandar para o meu e-mail também…
      romulopassim@gmail.com
      obrigado pela atenção e aguardo resposta!!!
      um abraço a todos !!!

  2. Guilherme Farias disse:

    desisti cara.. não só pela distância mas por outros fatores “grandes” e perigosos de se enfiar um motor comprido no cofre!

    um abraço

    1. Guilherme Farias disse:

      valeu cara!

  3. Renato disse:

    Olá Daniel Sanchez!

    Parabéns pelo blog. Achei muito interessante ver o trabalho que fez nesse cabeçote, já tinha informações sobre esse polimento, mas nunca tinha visto uma foto.

    Gostaria de colocar um link do seu blog no fórum do site opala.com se me permitir.

    Um Abraço.

    1. Olá Renato,

      O autor do post, bem como das alterações mecânicas, foram feitos pelo Guilherme, um dos colaboradores do Blog. Acredito que não há problema algum.

      Abraço.

  4. Guilherme Farias disse:

    à vontade amigo! aproveitando o ensejo; hoje essa “apimentada” que foi postada aqui e que eu iria fazer no meu, não foi 100% concluida. por enquanto vou rodar só com um carburador 228, comando simples, futuramente irei instalar um comando com a mesma graduação do original, porém mecânico.

    abraços

  5. Guilherme Farias disse:

    e o dinheiro! ahaha

  6. raphael muller disse:

    gostei da apimentada no 151 vou fazer isso no meu mas quero colocar um comando mais forte hehehe quem tiver mais receitas do 151 forte me mande pennacarec@hotmail.com valew

  7. Guilherme Farias disse:

    Raphael, não é bem uma “apimentada” né.. é umas correções sem gastar muito, o que a gm não fez na época a gente faz hoje. até o coletor do fiat 147 é “dimensionado”, podiam ter feito isso no opala igual o coletor do omega.

  8. Claudio Magrão disse:

    Coloquei apenas o 4×2 e um leve acerto no DFV228, já é outro carro o meu 79. Roda mais solto e ficou mais economico. Estarei colocando uma Weber 40 copia, e ignição eletronica, e acertos de novo. Vamos ver.

  9. Juliano disse:

    Opa, estou a procura de pistões cabeça chata 0,40 do motor 151, queria saber se alguém sabe aonde eu encontro?? desde já agradeço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s