Continua…

Dodge Charger LS 1972.

Esses dias terminei a leitura do livro “Dodge A História de uma Coleção” do colecionador e escritor Alexandre Badolato. Fiquei tão satisfeito com o conteúdo que entrei em contato com o autor, via email. Em sua resposta, Badolato revelou informações interessantes. A primeira delas, foi o curto tempo em que o livro foi escrito.

“Ele (o livro) foi escrito em 3 semanas, mas o conteúdo estava tão claro na minha cabeça que o difícil era aguentar a lentidão das mãos ao digitar”, conta. Badolato é muito feliz quando diz que as histórias que envolvem certos carros são tão interessantes quanto a do modelo como um todo. Os contos presentes no livro são interessantíssimos e parece que vem mais por aí. “Tenho muitas histórias para contar ainda, e estou preparando o Volume 2 do livro, mas preciso terminar a restauração dos carros que estrelarão este Volume 2”, revela.

Aguardamos ansiosamente. Enquanto isso, acessem Museu do Dodge e o seu respectivo Blog. O livro está em grandes livrarias, mas também é vendido aqui.

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Russel disse:

    Amigão Daniel, por acaso vc já viu fotos de Maverick sendo produzidos à época? Se tiver, pode me passar? Grato.

    1. Daniel Sanchez disse:

      Grande Professor Russel,

      Infelizmente não tenho fotos do tipo. As mais próximas que tenho são do livro “Maverick: Um ícone dos anos 70”, mas as imagens são do lançamento, ou com mulheres ou com executivos em volta do carro. Posso escânea-las, se quiser.

      Abs.

  2. Mario Buzian disse:

    Daniel, eu conheço o Badolato há tempos, mas somente no final do ano passado é que tivemos tempo para conversar pessoalmente…O cara é sensacional, e é como eu, do tipo “Forrest Gump”, ou seja, um belo contador de estórias…Bicho, passamos uma tarde juntos e acabamos saindo pra jantar juntos depois de tanto conversar…Confesso que se eu não tivesse de ir pra casa naquele dia era possível que ficássemos papeando até o dia amanhecer…
    É sempre notável e revigorante saber que tem gente assim no mundo, com muitas convicções e um papo maravilhoso, e que só agrega coisa boa à nossa antiga amizade…Eu ouvi da boca do próprio Alexandre algumas estórias que virão no segundo livro, e outras realmente “impublicáveis”, hahahah !!

    1. Mario,

      Acho incrível o trabalho dele, quase beira a loucura (no bom sentido, óbvio) resgatar a memória dos Dodges de forma tão viceral, a ponto de criar um museu por conta própria. É digno de um documentário ou algo do tipo e, com certeza, esse encontro de vocês, deveria ter sido registrado. Claro, editando as partes “impublicáveis”…rs

      Grande Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s