Vanishing Point: Challenger R/T 1970

Poster original.
Poster original.

Ainda criança, ouvia diversas histórias antigas, do começo da década de 70, envolvendo as peripécias – pouco prudentes – do meu pai ao volante de um Dodge Dart Coupe.

Uma delas envolvia toda a empolgação do coroa, na época um adolescente, ao sair da sala de cinema após assistir Vanishing Point (Corrida Contra o Destino título em terras tupiniquins).

Meu pai, na época ainda namorando minha mãe, que acabara de completar 18 anos, a levou para uma sala de cinema hoje extinta, na esquina da Brigadeiro com a Paulista. Atualmente, naquele espaço, funciona o Cartola Clube.

O filme, produzido em 1970 e lançado nos Estados Unidos em 15 de janeiro de 1971, é sobre um motorista de entrega de carros, James Kowalski (interpretado por Barry Newman).

James trabalha para a Argo’s Car Delivery Service e, após entregar um Chrysler Imperial preto, é sugerido pelo chefe que descanse. Mas Kowalski ignora a sugestão e insiste em fazer sua próxima tarefa na mesma noite: Entregar um Dodge Challenger R/T em São Francisco.

No caminho para Frisco, Kowalski para em um bar de motoqueiros para comprar Benzedrina do seu amigo Jake (interpretado por Lee Weaver) e diz ao mesmo que precisa entregar o Challenger às 3 horas do dia seguinte (embora, na verdade, ele tenha até segunda-feira da outra semana para fazê-lo).

Desacreditado na tarefa, Jake sugere uma pequena aposta, no valor das pílulas, de que Kowalski não seria capaz de fazer o trajeto em tão pouco tempo. Na mesma hora James aceita a aposta e é aí que o filme começa.

Barry Newman pilotando o clássico pônei da Dodge.
Barry Newman pilotando o clássico pônei da Dodge.

A produção do filme envolve algumas histórias interessantes. A escolha do modelo foi por conta de um trato da Twenty Century Fox e a Chrysler. O estúdio promoveria o carro no filme e, em troca, a montadora fornecia aluguel de carros por 1 dólar o dia.

A Chrysler cedeu quatro Dodges Challengers com o motor 440 para as filmagens. A única alteração feita, em dois deles, foi a suspensão reforçada para aguentar os pulos e solavancos durante as filmagens.

Newman e Challenger: Estrelas do filme.
Newman e Challenger: Estrelas do filme.

A princípio, a Fox queria para o papel principal Gene Hackman que, no mesmo ano, seria protagonista no filme do post anterior, o French Connection.

Hoje em dia, Vanishing Point adquiriu o status de Cult. Há algumas referências na cultura pop sobre o filme. A mais famosa delas, tavez, seja o clipe da banda Audioslave no clipe “Show Me How to Live”, que faz de forma brilhante, um crossover de imagens entre os integrantes da banda e cenas do filme.

Em 1997, o filme ganhou uma versão para TV com Viggo Mortensen interpretando Kowalski. Rumores indicam de que uma refilmagem está a todo vapor. Seria o novo Challenger SRT8 o protagonista? Provavelmente. Estou torcendo que tal fofocas sejam verdade. 

Menos mal que trazer são em salvos minha mãe e o Dodge Dart para o bairro do Jabaquara, zona sul de São Paulo, com certeza, era uma missão bem mais fácil para o meu pai. 

4 comentários Adicione o seu

  1. grapiglia disse:

    esse filme é muito louco cara!baxei outro dia,e os caras que dirigiram o branquinho eram realmente bons,porque pra segura ele nas curvas que ele saia de traseira era pra quem tinha braço mesmo

  2. luiz sergio disse:

    foi o melhor filme que vi até hoje. naquele tempo nao se usava recursos de computacao grafica, e a coisa era mais real, tinha mais emoçao, no maximo se alterava a velocidade de gravaçao para um melhor realismo e segurança nas tomadas. hoje e uma droga , tipo velozes e furiosos, muita computaçao, muito irreal. nao se faz mais filmes desses, uma pena.

    1. Concordo Luiz,

      Filmes como esse ou Fuga Alucinada demonstravam muito a perícia dos dublês. E mesmo o enredo do filme era muito superior ao dos filmes atuais envolvendo carros.

      Abs.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s